Programa de Formação Docente

Apresentação

O Programa de Formação Docente da Universidade de Passo Fundo, coordenado pela Vice-Reitoria de Graduação (VRGRAD), foi institucionalizado em janeiro de 2011 e propõe um processo de  formação de professores que oportunize a reflexão e o redimensionamento da ação docente, de forma contínua e coletiva.

A formação de professores permite que os docentes, ao longo de sua trajetória profissional, dialoguem com seus pares, se apropriem dos processos de construção da docência e ampliem o debate acerca do ato de ensinar e de aprender.

As ações propostas no Programa de Formação Docente estão em consonância com o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI), especialmente no que se refere à linha estratégica “Qualidade educacional e valores acadêmicos”, que, na meta 1.1, propõe“qualificar as condições de trabalho, de formação e da prática docente”.

Do mesmo modo, o Projeto Pedagógico Institucional (PPI) da UPF, ao fazer menção ao propósito da Instituição de garantir uma educação qualificada, evidencia que, para tanto, é necessária a formação continuada dos docentes e a organização de tempos e espaços para a formação em serviço.

Orientado por esses documentos institucionais, o Programa de Formação Docente realiza um conjunto de ações com vistas a valorizar e qualificar o trabalho dos professores e gestores, bem como a construir coletivamente um ambiente apropriado para que se implementem ações inovadoras, no intuito de atender às Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação Superior e ao contexto de mudança nos campos pedagógico, tecnológico, científico e profissional.

Nessa perspectiva, a UPF consolida seu compromisso com a formação profissional e humana, construída não somente na relação professor-aluno, mas também na relação professor-professor.

Tendo como referência a trajetória já construída ao longo de sua história, e balizada por sua recente experiência de institucionalização de um espaço formativo, continuado e em serviço, a Universidade de Passo Fundo dá continuidade ao seu Programa de Formação Docente, por meio do qual propõe novas ações articuladas entre si, envolvendo os professores nos seus diferentes espaços de atuação: Reitoria, direções  de unidades acadêmicas e campi, Núcleos Docentes Estruturantes (NDEs), coordenações de curso, coordenações de áreas institucionais e docência.